Sinfônica

09abr07

Quaisquer versos que escrevo:
Música em pétalas de inconstância
Transgênese da alma devoluta
Que semeia o orvalho e a (breve) chama
E faz brotar do silêncio
Um compasso de amor
Num concerto na lama

*Provocação ao Sérgio: mais íntimo e revelador que um poema de adolescência? Se é livre, que seja livre pra lírica também!



One Response to “Sinfônica”

  1. aos rótulos… toque bem brasiliano, duma francesa bostoniana


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: